Top 3 looks – Fashion Rio – Dia 2

O segundo dia de desfiles começou com a Redley, marca que tem uma pegada esportiva que eu adoro. A parka foi a peça-chave da coleção que também contou com vestidos soltinhos, macacões e jaquetas. O amarelo, roxo, e salmão fizeram boas combinações com os cinzas e azuis clarinhos. Adorei o efeito acetinado das peças em modelos esportivos.

Na sequencia vimos Claudia Simões que surpreendeu ao misturar materiais rústicos e artesanais como o croche à alfaiataria e tecidos delicados como a organza. O mix deu certo! Muito short, paletós, vestidos e saias retas que podem passar perto ou longe do escritório. Só depende dos complementos.

Totem, como sempre mostrou uma coleção tropical com direito a muitas cores e estampas, sua marca registrada. Só que dessa vez ela veio mais contida, mais sofisticada, apesar do mix and match estar bastante presente. Adorei as saias sarongue e os macaquinhos. Perfeitos para curtir o final do dia à beira mar com muito estilo.

Graça Ottoni fez um desfile monocromático: só preto e branco entraram na passarela. Uma alfaiataria desconstruída em tecidos naturais ora apareciam com brilho de paetês transparentes. Boa sacada a mistura de renda à peças com perfume urbano e esportivo. Adorei os sapatos oxford prateados, detalhes em rechilieu, vestidos chemise e as pantalonas.

A coleção da Lenny teve um quê de Africa. As cores marrom, pérola, nude com pontos de laranja, azul e amarelo. Adorei o efeito perolado e de lona estonada de alguns modelos. O trabalho manual, presente nas golas, pregas e costuras foi um show à parte. Dessa vez os modelos vieram menos comportados do que o que estamos acostumados a ver, mas aida com diferenciais que só a Lenny sabe fazer: capuz, gola rolê, recortes… A alta costura da moda paia!

2 comentários COMENTE TAMBÉM

Bia…

Cada dia melhor o blog hein. Tô amando as imagens e os textos esclarecedores. Parabéns por esse cantinho que só tende a melhorar cada dia mais. Parabéns pela iniciativa…

Bjs, Andreza Mattos

Totem tem lindas estampas, mas modelagem obvia, chemises, bermudas, vestidos simples, sem nenhuma paixão..Pena porque tal estamparia poderia ser enriquecida com uma modelagem mais elaborada.

Graça Otoni, gostei especialmente das rendas, que deram um feminino ao desfile, mas achei repetitivo o excesso de chemises brancas

Comentários fechados.

quem faz os achados
Colaboradores

Clique para fechar