Plantas dentro de casa

Quem acompanha páginas de decoração no Pinterest sabe que essa história de cultivar plantas dentro de casa não é de agora.

Tudo bem que lá nos anos 70 e 80 nossas mães já se aventuravam pendurando samambaias na cozinha, mas a tendência dos “jardins internos” está vivendo um verdadeiro boom nos últimos anos. É terrário, é suculenta, é cacto… tudo isso para suavizar a paisagem cinza da cidade e nos aproximar um pouquinho da natureza. Sim, o motivo é nobre e todo esforço é válido, por isso resolvi reunir aqui algumas dicas legais e de baixo custo para quem quer montar seu próprio cantinho verde.

Tudo vira vaso

Improvisos são sempre bem-vindos no jardim! Se os vasos de cerâmica vietnamita das revistas estão um pouco além do seu orçamento, não se desespere. Qualquer pote bonitinho de vidro pode servir como um recipiente alternativo – e vamos combinar que soluções inusitadas acabam sendo mais divertidas que as tradicionais, né? Xícaras de porcelana e copos bico de jaca emprestados da casa da mãe também valem. Quer saber? Até as garrafas de cerveja vazias que sobraram do Carnaval merecem virar vaso (nessa matéria dá para ver melhor a ideia).

Jardim suspenso

Seu apê é micro e não cabe quase nada no chão ou sobre os móveis? Sem problemas também. Nesse caso a melhor saída é explorar o teto ou as paredes em arranjos verticais, mas não necessariamente aqueles jardins planejados com irrigação automática, etc. e tal. Estou falando de ideias mais “pé no chão” mesmo, tipo pendurar os vasos de samambaias em ganchos ou instalar uma barra de metal perto do teto para fixar várias plantinhas de uma vez só. Você ainda torce o nariz pra samambaia? Veja como ela ficou linda (e nada cafona) nesse apê colorido.

Suportes e arranjos

Quem diria que uma gaveta velha ou um estrado de cama poderiam virar suportes perfeitos para as plantas? Pois tem gente que consegue fazer essas invenções darem certo. E ainda no mesmo tema, só que não exatamente, vou falar um tiquinho sobre flores. Se você não tem muito jeito com as espécies plantadas direto na terra e está pensando em algo menos permanente, aposte em arranjos com flores e folhagens cortadas – cuidando direitinho elas costumam durar de 8 a 15 dias. Troque a água diariamente, aproveite para cortar o caule de cada uma delas na diagonal e pronto! Sua casa fica florida e perfumada…

1 comentário COMENTE TAMBÉM

Quando eu morava sozinha eu tinha cactus no meu apartamento. Mas como me casei e ainda estou decorando a casa, ainda não coloquei nada aqui em casa de flores

bjs

http://ladycatblog1.blogspot.com/

Comentários fechados.

quem faz os achados
Colaboradores

Clique para fechar