Amo Meu Fazer

A AmoMeuFazer, ou AMF, uma iniciativa da Floristas (empresa especializada em conteúdo feminino), é um belo projeto que investiga e conta histórias de pessoas e seus fazeres. São histórias de artistas, criadores, pequenos produtores, artesãos, pessoas de diversas áreas de atuação, narradas por elas mesmas.

“Nossa ideia é fortalecer essa comunidade que compõe a economia criativa brasileira e inspirar àqueles que buscam novas formas para o fazer”, contam Dani Scartezini e Karine Rossi, criadoras da AMF. “Retratamos os processos criativos e a beleza de cada um, explorando os diversos caminhos trilhados por esses interlocutores.”

Conheci a Dani e a Karine quando fui contar a minha história e da Confeitaria, e percebi o quanto este projeto é querido para elas.

Como vocês veem a cultura do “fazer com as próprias mãos” hoje no Brasil?

Floristas: Em crescimento, expansão e fortalecimento. Achamos que é algo que não tem mais volta. Como na natureza, nossa vida é regida por movimentos de inspiração e expiração, implosão e explosão, contração e expansão. Acho que a industrialização chegou no seu máximo de expansão e, com isso, é chegado o momento de contração, abrindo espaço para o movimento maker, pois somente ele é capaz de cuidar do consumo sustentável e, portanto da natureza – a maior vítima do movimento de massas e industrialização. A cultura maker é necessária para o meio ambiente, para a conscientização humana de que temos que trazer para o indivíduo a responsabilidade de transformar, fazer, mudar, se apropriar, pertencer. É dele que vai vir a mudança que temos que construir para o planeta.

Entre as histórias de pessoas e seus fazeres publicadas pela AMF, qual marcou mais cada uma de vocês, pessoalmente?

Dani Scartezini: A história da Helena Lunardelli e do Odeir Santos. As duas são muito especiais para mim. Da Helena, pela relação pessoal que tenho com essa história de ser uma florista que entrega flores para idosos e do Odeir, por tratar a memória como um aspecto fundamental para a saúde de um povo.

Karine Rossi: Difícil escolher, pois cada uma me passa uma mensagem especial. Fiquei encantada com a história da Jana Benke (a Premsamit), pelo seu fazer que é maravilhoso (ela promove curas emocionais a partir da inteligência do corpo), e pela beleza do caminho percorrido para chegar onde ela está. A história do Odair também me toca muito. Enfim, cada pessoa recebeu uma narrativa muito interessante e inspiradora da vida.

E quais são os planos para este novo momento da AMF, com a Escola do Fazer?

Floristas: São grandes 🙂 Queremos que essas pessoas, são pequenos empreendedores, produtores, enfim, pessoas que fazem parte dessa cultura maker e fomentam a economia criativa, inspirem outros a abraçar o movimento e possam fazer a troca de conhecimento sobre seus fazeres. A ideia é que todos aprendam um novo fazer a partir das oficinas da escola. Nosso intuito não é formar, mas iniciar.

E para a Galeria AMF, qual é o projeto de vocês?

Floristas: O projeto da Galeria é nos colocarmos em processo criativo junto com os criadores que fazem parte do portfolio AMF. A ideia inicial é termos mostras trimestrais, onde lançamos um tema e, a partir deles, os artistas criam e desenvolvem produtos/obras com a nossa curadoria, que serão vendidos online e eventualmente presencialmente.

* * *

Karine Rossi é escritora e redatora publicitária. Ama escrever poemas, crônicas e contos, além de dividir sua paixão pela música com as pessoas. Entrevista e apresenta histórias da #AMF e publicações da Floristas.

Dani Scartezini é designer, escreve e realiza entrevistas, além de assinar o design da #AMF, sites e publicações da Floristas.

2 comentários COMENTE TAMBÉM

[…] da Floristas – empresa que está à frente de outras belas iniciativas como a Amo Meu Fazer (releia a entrevista que fizemos com as sócias Daniela Scartezini e Karine Rossi para o Achados). Para […]

Gostaria de ter mais informações sobre a próxima edição da Feira no Museu da Casa Brasileira, poderíamos marcar um encontro? Tenho interesse em participar, obrigada, abs. Estela

Comentários fechados.

quem faz os achados
Colaboradores

Clique para fechar